Após assassinato do prefeito de Granjeiro, vice assume Prefeitura nesta sexta

A morte do prefeito segue sendo investigada pela Polícia Civil

Após assassinato do prefeito de Granjeiro, vice assume Prefeitura nesta sexta
Ticiano Tomé assume prefeitura Foto: Reprodução/Facebook

 Ticiano Tomé (PSDB), vice-prefeito do município de Granjeiro, será empossado como novo chefe do poder executivo municipal após o assassinato do prefeito João Gregório Neto (PL), na última terça-feira (24), véspera de Natal. A cerimônia de posse será nesta sexta-feira (27), às 15h, na sede da Câmara Municipal.

A posse de Ticiano estava prevista para próxima segunda-feira (30), mas segundo o presidente da Câmara, Luiz Márcio Pereira (PMN), a cidade necessita de um gestor municipal.

A gente está se desdobrando do jeito que pode para despachar as coisas da cidade. É ambulância que precisa de autorização, hospital. Comprar material, tem que assinar e o pessoal num sabe para quem vender. A gente conversou hoje com o jurídico e entrou em um consenso sobre os trâmites e decidimos marcar para amanhã {Hoje, sexta-feira}, na sede da Câmara Municipal de Granjeiro“, explicou Luiz ao G1.

O novo prefeito terá um ano de mandato, já que 2020 é ano de eleições municipais. Ticiano e João do Povo, como assim era conhecido o gestor assassinado, eram da mesma chapa, mas romperam  há aproximadamente oito meses, após divergências políticas.

De acordo com a matéria publicada no G1, nos bastidores, se comenta que Ticiano Tomé e seu pai, Vicente Tomé, pressionaram os vereadores para que a posse ocorresse ainda nesta quinta-feira (26).

Entrega de cargos

Na quinta-feira, cinco gestores aliados de João do Povo deixaram seus cargos, as cartas de demissão foram entregues ao presidente da Câmara.

Na lista de demissão estão: o secretário de Administração e Finanças de Granjeiro, Mytchel de Almeida; a secretária de Assistência Social, Naiana Borges, esposa de Mytchel; a procuradora do município, Ana Meire da Costa; chefe do setor de Recursos Humanos, Maria Imaculada Henrique e o presidente do órgão de Licitação, João Lacerda. 

Investigação

João Gregório Neto estava caminhando quando foi atingido em Granjeiro

João foi assassinado na véspera de Natal, perto da casa onde morava em Granjeiro. Enquanto caminhava próximo à parede do Açude Junco, o prefeito foi atingido por tiros nas costas. Segundo testemunhas, um carro aproximou-se do gestor e o suspeito efetuou os disparos. O corpo foi enterrado nesta quarta-feira (25) em Várzea Alegre.

A Polícia Civil investiga o caso, mas nenhum suspeito foi preso até o momento.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Rayssa Leonel
Carregar Mais Em Política

Sobre Rayssa Leonel

Graduada em Jornalismo pela UFCA - Universidade Federal do Cariri. Pesquisadora e caririense bem orgulhosa.

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.

Instagram

Instagram has returned invalid data.

Siga-nos!