Em Crato, Camilo é aprovado por 80%, Bolsonaro por 16%

O atual prefeito, Zé Ailton (PT), que tenta reeleição, obteve 34% de ótimo ou bom




Reprodução Folha de S.Paulo/ Reprodução Isto é.

Ainda sobre a pesquisa Ibope encomendada pela Editora Verdes Mares, o levantamento avaliou como os cratenses notam as gestões municipal, estadual e federal. O atual prefeito da cidade, Zé Ailton Brasil (PT) é aprovado por 34% da população, percentual que considera a gestão do petista ótima ou boa, outros 39% afirmam que a administração é regular, e 26% consideram ruim ou péssima.

No entanto, quando o assunto é a gestão do governador Camilo Santana (PT), os números de aprovação são astronômicos, 80% dos entrevistados disseram que a administração de Santana é ótima ou boa, 14% consideraram regular, e somente 3% afirmaram que notam o governo estadual como ruim ou péssimo.

No contexto federal, consolida-se a percepção de que Jair Bolsonaro não consegue realizar grandes incursões de popularidade. Na cidade de Crato apenas 16% percebem seu governo como ótimo ou bom, 22% creditam a avaliação como regular. Por sua vez, 59% consideram a gestão Bolsonaro como ruim ou péssima.

O desenho destes números ajuda a entender as intenções de voto apresentadas na pesquisa Ibope recentemente divulgada. Candidatos com alguma identificação bolsonarista tendem a enfrentar maiores dificuldades, já os apoiados por Camilo Santana vêm gozando de um largo apoio popular, resultado do elevado capital político que o petista vem conseguindo estabelecer.

O levantamento foi realizado entre os dias 5 e 6 de novembro e ouviu 602 eleitores. O nível de confiança é de 95%.

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Paulo Junior
Carregar Mais Em Política

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA e um apaixonado por política, literatura e cinema.E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.