Qual o destino de Rodrigo Maia ?

Após o resultado da eleição para presidência da Câmara Federal, Rodrigo Maia deve deixar seu atual partido, o Democratas




Rodrigo Maia, deputado pelo DEM-RJ. Ele está usando terno escuro, sentando na mesa da presidênci da Câmara do Deputados com um semblante preocupado.
Rodrigo Maia (DEM-RJ). Foto: Sérgio Lima

O agora ex-presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), saiu bastante derrotado da eleição de ontem, 01. Maia apostava todas as suas fichas na eleição de Baleia Rossi (MDB-SP), porém, o nome do político enfrentou muitas resistências e às 23h15 estava protocolada a vitória de Arthur Lira (PP-AL). Lira é líder do Centrão e contava com o denso apoio do Palácio do Planalto. 

A contundente ascensão de Arthur Lira, alcançando 302 votos e vencendo de modo singular seu principal opositor, Baleia Rossi, que teve somente 145, evidencia a perda já notável do capital político de Rodrigo Maia. O ex-presidente da casa enfrentou diversos problemas de articulação, a ponto de não ter conseguido garantir a permanência de seu partido, o Democratas, no bloco de apoio ao seu candidato. Dessa forma, a própria legenda de Maia agiu para esvaziar as chances de virada de Rossi. 

No atual quadro, o que está posto é que Maia, provavelmente, deixará o Democratas, já que os atritos com o presidente do partido, ACM Neto, são antigos e agora estão vivendo o seu ápice. Especialmente, porque a compreensão do grupo liderado por Rodrigo Maia é que o partido está agindo para entregar-se ao grupo de Bolsonaro, almejando articulações para 2022. 

Os próximos dias serão marcados por articulações internas, já que apesar de ter o poder de influência reduzido, Maia segue sendo um nome importante para o jogo político. Nessa linha, o desejo dele de articular uma frente anti-bolsonarista deve ser reorganizado. No entanto, certamente não será esquecido. 

A grande questão é que o homem forte da Câmara Federal por quatro anos e sete meses, período que presidiu a casa, está com relações arranhadas com alguns blocos importantes. Todavia, ainda conta com políticos que o seguem e que já demarcaram posição a seu favor. A próxima janela partidária deve ser observada com atenção. 

Carregar mais Posts Relacionados
Carregar Mais Por Paulo Junior
Carregar Mais Em Política

Sobre Paulo Junior

Graduando em jornalismo pela UFCA. Um apaixonado por política, literatura e cinema.E-mail: [email protected]

Últimas

Assine nossa newsletter e receba nossas novidades por email

Mantemos os seus dados privados e os compartilhamos apenas com terceiros que tornam este serviço possível. Leia nossa política de privacidade.